Direção da Fase

IMG-20160909-WA0009
PRESIDENTE – Robson Luis Zinn

Robson Luis Zinn é natural de Alegrete, casado, tem 43 anos, é mestrando em Direitos Humanos pela Uniritter e formado em Ciências Jurídicas pela Universidade de Cruz Alta (Unicruz). Construiu sua carreira profissional na Região Central do Estado. Em Santa Maria, foi professor de Direito Eleitoral e Constitucional na Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma), chefe de gabinete da presidência da Câmara de Vereadores, diretor do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case SM) e do Centro de Atendimento em Semiliberdade (Casemi). Também trabalhou como consultor e procurador jurídico nos municípios de Itaara, São Martinho da Serra, Dilermando de Aguiar, Silveira Martins e também em Santa Maria.

diretor_jose-reus
DIRETOR ADMINISTRATIVO – José Antonio Matos Reus

Servidor de carreira da Fase, José Reus ingressou na Fundação de Atendimento Sócio-Educativo em 1982, tendo atuado nas mais diversas funções na instituição tendo, por duas vezes, exercido o cargo de diretor Administrativo. Reus tem 52 anos e é formado em Ciências Contábeis e Psicologia. Nos últimos anos, esteve à frente da Controladoria, área de controle interno da Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), na função de controller. Anteriormente, também exerceu a função de diretor do Departamento Administrativo da Secretaria de Administração e Recursos Humanos e, na mesma pasta, foi ainda diretor do Departamento Planejamento Organizacional.

LFS_Retrato_131018_7116
DIRETOR SOCIOEDUCATIVO – Carlos André Severo da Silva

O primeiro emprego de Carlos André Severo da Silva no sistema socioeducativo gaúcho foi em 1997, no já extinto Instituto Central de Menores (ICM), como monitor através de contrato emergencial. Em 2002, através de concurso público, André Severo retorna à Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase). Agora, como servidor, ele é lotado no Centro de Internação Provisória Carlos Santos (CIPCS), unidade que trabalhou por mais de uma década.

No CIPCS, André Severo exerceu diversas atividades. Foi agente socioeducador, chefe de equipe, assistente de direção e diretor interino. Saiu da Carlos Santos em 2013 para assumir a Diretoria Socioeducativa (DSE), cargo que exerce atualmente. “A DSE é um importante instrumento de orientação, supervisão e acompanhamento das ações socioeducativas, a ferramenta indispensável para o sucesso e a eficácia da reinserção e ressocialização dos nossos adolescentes”, destaca.

André Severo foi Conselheiro Tutelar da Microrregião 6 de Porto Alegre, entre 2003 e 2008. Foi coordenador geral dos Conselheiros Tutelares, em 2006. Integrou a Comissão Estadual dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio Grande do Sul. Atualmente, cursa o Direito, pela Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (Fadergs). Na Fadergs, ele também é aluno do curso de tecnólogo Jurídico em Sistema Penitenciário.

André Severo é casado com a conselheira tutelar Patrícia Nunes da Silva, com quem tem duas meninas: Mariah e Maria Clara, de 14 e 8 anos, respectivamente.

show_img
DIRETOR DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E CIDADANIA – Ledi de Oliveira Teixeira

Ledi de Oliveira Teixeira possui grande experiência sobre os assuntos relacionados ao bem estar dos servidores da Fundação de Atendimento Socioeducativo. Desde 2008, quando assumiu como diretora, implantou diversos programas voltados à profissionalização, saúde e lazer para quem trabalha na Fase. Ledi é casada com o advogado Sérgio Renato Teixeira, com quem tem dois filhos: os também advogados Patrick de Oliveira Teixeira e Tami Teixeira Aso. É avó de Gustavo e Bernardo. Ledi é natural de Santa Maria e é formada em Ciências Políticas pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).