No Dia Internacional dos Direitos Humanos, Fase comemora 100% de profissionalização

Luis Francisco Silva - Ascom FASE

Luis Francisco Silva – Ascom FASE

O Dia Internacional dos Direitos Humanos foi comemorado no Rio Grande do Sul pelos resultados do trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH). Nesta segunda-feira (10), um grande ato lotou o salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, para celebrar os 100% de profissionalização dos internos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase).

O evento também marcou a assinatura de convênios e o encaminhamento de projetos à Assembleia Legislativa para a criação do Sistema Estadual de Direitos Humanos e transformando em lei o Programa de Oportunidades e Direitos (POD) e o POD Socioeducativo. Representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além dos adolescentes beneficiados pelo POD Socioeducativo, POD Legal, POD Pré-vestibular, Centros POD Juventude e representantes de empresas públicas e privadas, parceiras da SJDH, assistiram ao vídeo com os dados da secretaria durante este ano.

São 780 jovens que se empregaram por meio da Lei da Aprendizagem. Pelo POD Socioeducativo, 221 adolescentes da Fase tiveram a oportunidade de aprender uma profissão, com acompanhamento psicológico, assistência social e uma bolsa de meio salário mínimo. Desses, apenas 9,5% reincidiram em atos infracionais.

No Centro POD Juventude da Lomba do Pinheiro, 157 crianças e adolescentes têm atividades artísticas, educativas e esportivas, além da formação profissional. Os jovens que saíram do Ensino Médio de escola pública têm a oportunidade de fazer cursinho pré-vestibular gratuitamente em 18 cidades do Estado. O vídeo também mostrou dados do POD Criança, que aumentou a arrecadação nos últimos dois anos. Em 2012, irá beneficiar 49 entidades. O POD Tutelar já capacitou 670 conselheiros tutelares e equipou os conselhos com cem computadores.

Parcerias

O governador em exercício, Beto Grill, destacou o trabalho realizado junto aos jovens. \”Todo o investimento tem um retorno que nos orgulha e hoje estou orgulhoso do trabalho da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos\”. O secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, disse que ainda é preciso lutar pelos direitos dos menos favorecidos. \”Esse dia é muito significativo para comemorar com ações concretas e efetivas desse governo. O crescimento tem que ser para todos\”, destacou Fabiano, ao lembrar que naquele mesmo espaço estavam autoridades, adolescentes da Fase, alunos do cursinho pré-vestibular.

Fabiano citou as demais ações que estão sendo realizadas na Fase como as obras de reforma em algumas unidades, o concurso público e o alcance da meta de 100% de profissionalização dos internos. \”Eu fico muito feliz com cada história que eu ouço atendendo aos que mais precisam. Assim, o governo avança ainda mais para ser um governo de todos\”.

Parceiro da SJDH na implantação do POD Legal, que leva cursos profissionalizantes e oferece empregos a jovens aprendizes de 14 a 24 anos no Estado, o presidente do Centro Integrado Empresa-Escola, Luis Carlos Eymael, ressaltou o trabalho de recolocação dos jovens no mercado. \”Eles têm menos qualificação e experiência profissional e quando é um adolescente que cometeu ato infracional, as dificuldades são ainda maiores. Buscamos a colocação profissional desses jovens com qualificação que deve ser o fator determinante para o futuro deles\”. O CIEE já atendeu 1,4 milhão de jovens no RS.

Agradecido pela oportunidade um dos beneficiados com o programa disse que o curso em técnicas bancárias e o emprego no Banrisul mudaram a sua vida. “Foi a minha chance de ter carteira assinada e a minha própria conta no banco. Estou aprendendo muitas coisas e estou preparado para quando sair (da Fase) entrar no mercado de trabalho e mostrar para as pessoas que nós podemos mudar. Todo mundo erra, mas estamos corrigindo o nosso erro. Como mudou a minha vida, pode mudar a vida de todo mundo”, disse L.H.Z, que é interno da Fase.

Projetos entregues e convênios assinados

No ato, o governador em exercício, Beto Grill, o secretário Fabiano Pereira e a presidente da Fase, Joelza Pires, assinaram o protocolo de intenções com 11 entidades e empresas que irão qualificar e empregar os jovens da Fase, que possibilita atingir a meta de 100% de adolescentes estagiando ou participando de cursos profissionalizantes.

São parceiras da SJDH nessa empreitada o CIEE, a Superintendência Regional de Trabalho e Emprego, o Banrisul, a Corsan, a CEEE, Cia Zaffari,Imec Supermercados, Panvel Farmácias, Senac, o Instituto Brasileiro de Educação e o Projeto Pescar. Grill e Fabiano entregaram o certificado de conclusão do curso de mecânica a Rodrigo Pinto, que se formou no Pão dos Pobres, uma das entidades parceiras da SJDH na profissionalização dos adolescentes.

O coordenador do movimento nacional dos Direitos Humanos, Paulo Cesar Carbonari, o secretário Fabiano Pereira e a diretora do Departamento de Direitos Humanos e Cidadania da SJDH, Tâmara Biolo Soares, entregaram ao vice-governador Beto Grill o projeto que cria o Sistema Estadual dos Direitos Humanos. Grill e a primeira-dama Sandra Genro também receberam o projeto de lei que institui o programa RS Socioeducativo no Estado para transformá-lo em uma política de Estado.

657 visualizações 1 visualizadas hoje