Funcionários do Case Santa Maria recebem kits de proteção elaborados pelos socioeducandos

No Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Santa Maria, funcionários receberam na quarta-feira (14) um kit de proteção elaborado pelos adolescentes, com máscaras, produzidas pelos próprios jovens, além de frascos de álcool em gel.

 As máscaras são produzidas nas oficinas de costura da unidade, onde os próprios socioeducandos realizam todo processo. “Pesquisamos modelos para definir o que seria melhor para nós. Depois, ensinamos eles a cortar, passar e montar”, conta Fátima Brum, agente socioeducadora e oficineira-chefe de costura. Já o álcool em gel é fornecido pela Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase).

A iniciativa está acontecendo desde abril e, além dos funcionários do Case, famílias dos socioeducandos e crianças do Pronto Atendimento Municipal de Santa Maria receberam as  máscaras. “Como a pandemia ainda é realidade, decidimos cuidar também de nossos colegas, entregando os kits de proteção”, conta Andréa Oliari, agente socioeducadora e oficineira de costura.

Hoje, em homenagem ao Dia do Professor, os kits serão entregues na Escola Estadual Humberto de Campos, onde os jovens estudam. Para estimular o autocuidado e a prevenção, a produção vem sendo planejada com base nas estações climáticas. Na primavera, todas a máscaras foram confeccionadas com tecidos florais. “Fazemos com carinho para incentivar as pessoas a manterem o cuidado sempre. Agora, no verão, o formato das máscaras será o 3D para ajudar com o calor”, conta Fátima.

Kits de proteção

56 visualizações 2 visualizadas hoje