Direção-Geral da Fase apresenta Relatório de Gestão 2015/2018 no Palácio Piratini

gov

Entre os legados que serão deixados pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) está o planejamento estratégico da instituição. Na manhã desta terça-feira (18), o presidente da Fase, Robson Luis Zinn, entregou para o governador José Ivo Sartori, no Palácio Piratini, o relatório de gestão 2015-2018 com todas as ações realizadas durante os quatro anos de gestão.

“Em 2015, nós recebemos uma instituição sem planejamento que vivia um dia de cada vez. Conseguimos construir um planejamento estratégico para a instituição até 2020, quando acontecerá o crescimento esperado. Realizamos o investimento e melhoramos a forma de atender e tratar o adolescente”, destacou o presidente.

Outra grande ação da Fase é a construção de nove novas unidades escolares em suas áreas de internação, além de ginásios poliesportivos, com investimento na ordem de R$ 10 milhões. Segundo Zinn, os novos módulos escolares devem estar prontos até julho de 2019.

A ampliação, em 2018, de 180 para 1.100 vagas do programa POD Socieducativo é uma das conquistas comemoradas. Agora, o trabalho de reinserção de jovens que são desligados da Fase tem abrangência em todo o estado. Eles são acompanhados por até um ano e encaminhados ao mercado de trabalho.

O governador parabenizou todo o trabalho realizado pela instituição para oferecer boas condições para o tratamento de jovens infratores. “O processo de gestão foi levado a sério pela Fase. Foi uma das instituições que mais avançou no Acordo de Resultados e traçou metas concretas”, afirmou.

A Fase também assinou em 2018 protocolo com a FGTAS para emissão de carteira de trabalho para todos os jovens que cumpriram seu período na instituição e voltariam à sociedade. Desde 2017, a frota de veículos foi renovada, com 33 novos carros. Além disso, foi instalado o sistema de videomonitoramento, com 828 câmeras, nas 13 unidades de internação, com investimento de R$ 2,5 milhões.

“A Fase do Rio Grande do Sul é a primeira unidade do Brasil a possuir revista humanizada em todas as unidades. É esse conjunto de ações que determina hoje que a Fase do nosso estado é modelo para todas as demais unidades do Brasil no que se refere à gestão e planejamento”, ressaltou o presidente Zinn.

Acompanharam a entrega da revista a secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori; e os diretores Administrativo, José Reus; de Qualificação Profissional e Cidadania, Ledi Teixeira; e Socioeducativo, André Severo.

Confira o relatório de gestão da Fase completo aqui.

Texto: Cassiane Osório/Secom
Foto: Luiz Chaves

290 visualizações 1 visualizadas hoje