Eventos culturais marcam o aniversário de 18 anos da Escola Tom Jobim na CSE

csetomjobim

A Escola Estadual de Ensino Médio Tom Jobim, localizada no Complexo Cruzeiro, em Porto Alegre, completou 18 anos no dia 16 de junho. Para celebrar o acontecimento junto aos alunos, professores e servidores, a Comunidade Socioeducativa (CSE), com o apoio da 1ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), realizou na sexta-feira (23), uma atividade na unidade com apresentações musicais e a inauguração da exposição de quadros “Miau Miau Cocorocó”, pintada pelos adolescentes em oficinas.

O evento foi organizado durante o mês de junho e teve, além da CSE, a participação dos servidores e adolescentes dos centros de atendimento socioeducativos (Cases) POA I, POA II e Feminino (Casef), que realizaram apresentações musicais para os convidados. Os quadros expostos no evento foram uma releitura do artista plástico cearense Aldemir Martins,  elaborados com o auxílio do professor da Escola Tom Jobim, Aloizio Pedersen, e fazem parte do projeto “Artinclusão”. “O projeto existe há quatro anos e faz parte do currículo escolar, desenvolvendo capacitação técnica em pintura acrílica, e promovendo geração de renda e a reinserção social”, destacou Pedersen.

quadrostomjobim

Quadros da exposição “Miau Miau Cocorocó”

A diretora da Escola Tom Jobim, Silvana Carvalho, agradeceu a participação de todos e falou sobre os eventos comemorativos ao recente aniversário. Durante o mês de junho, todos os estudantes trabalharam o resgate histórico da trajetória da unidade escolar em sala de aula, para entenderem a importância do acesso à educação . A diretora também falou do empenho nestes 18 anos para atender os estudantes da melhor maneira possível. “Uma escola que trabalha com a socioeducação deve estar aberta para a escuta, para os múltiplos olhares, e principalmente, para a acolhida do outro e do diferente”, disse.

A Diretora da CSE, Simone Weber, falou do objetivo de trazer diferentes unidades para esta comemoração coletiva: “Esta atividade foi para integração de todos estes jovens, possibilitando melhor ressocialização”, afirmou.

O evento contou também com a participação do juiz da 3ª Vara da Infância e da Juventude de Porto Alegre, Charles Bittencourt, as assessoras do Ensino de Jovens e Adultos da 1ª CRE, Andréia Khun e Iara Uranga, da cantora e psiquiatra, Denise Lahude, e do violinista João Vicente Macedo.

 Texto: Assessoria de comunicação da Fase com colaboração de Jéssica Cofferri
 Fotos: Jéssica Cofferri

1870 visualizações 2 visualizadas hoje