Direção da Fase participa de evento que celebrou os 10 anos de cooperação entre Brasil e Canadá na implementação da Justiça Restaurativa

Justiça Restaurativa

Crédito: Daniel Torino

O presidente da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase), Farelo Almeida, e os diretores Ledi Teixeira e André Severo participaram na última quinta-feira, 5, na Escola Superior da Magistratura (Ajuris) da comemoração dos 10 anos de cooperação entre Brasil e Canadá na implementação de Práticas de Justiça Restaurativa. 

A recepção contou com a presença da Embaixadora do Canadá no Brasil, Jennifer May, e da Cônsul-Geral, Heather Cameron. 

A Justiça Restaurativa começou a ser implantada no Canadá em meados dos anos 70. Hoje, suas práticas são usadas em todas as províncias do país não apenas no sistema de Justiça, mas também nas escolas, nas universidades e nos centros comunitários, investindo no diálogo e na reflexão em grupo como ferramenta para evitar e combater a violência. 

Na última década, especialistas e juristas canadenses estiveram na Escola da Magistratura por meio de parceria com o governo do Canadá, participando de eventos e trocando experiências com brasileiros para incentivar o uso da Justiça Restaurativa no Brasil. 

Hoje, a JR faz parte de política de Estado do Rio Grande do Sul, por acordo firmado entre Executivo, Legislativo e Judiciário. A Fase utiliza a prática em capacitações e no atendimento das unidades.

239 visualizações 1 visualizadas hoje